0 Items

Universo feminino: empresas e negócios

Universo feminino: empresas e negócios

Há muito tempo os homens têm estado à frente das organizações, pois tanto para criar valor quanto para ganhar dinheiro, a força sempre foi considerada uma característica necessária.

Para tornar-se um guerreiro, fazendeiro ou comerciante, você tinha que ser forte, agressivo e competitivo. E se não fosse dotado destas características, sua sobrevivência como indivíduo certamente estaria em perigo, ou pelo menos chegar até uma posição de comando seria uma tarefa bem mais árdua. Nos dias de hoje, a competição alcançou outras áreas do conhecimento humano. De um ambiente competitivo baseado exclusivamente na força, passamos a negócios cuja dinâmica é fundamentada em ideias e alianças.

Mesmo a dinâmica interna das empresas mudou, migrando de uma cena competitiva e agressiva para um cenário em que a colaboração e a habilidade de motivar e gerar entusiasmo são recompensadas.

Nos centremos numa evidência: uma pesquisa encabeçada pela Ernst & Young revela que empresas com pelo menos uma mulher na diretoria maiores lucros em relação àquelas em que a presença feminina é nula. E de acordo com um outro estudo, este conduzido pela McKinsey, as companhias com representação igualitária de gêneros em sua administração se beneficiam de lucros até 56% maiores quando comparadas com as outras.

A sociedade passa hoje por uma uma feminilização de valores. E quais são os valores femininos? Cuidado, amor, afeto e habilidade de criar e cultivar relacionamentos interpessoais.
Consequentemente, para seguir gerando valor, é necessário captar as mudanças na sociedade. Se nos atentarmos a isso por um momento, descobrimos que os símbolos de poder mudaram. O que poucos anos antes era visto como um símbolo de status social, já não é mais assim percebido. O automóvel, por exemplo, não é mais um símbolo de poder, não da maneira e com a importância que um dia já foi enxergado.

Não se trata aqui de dizer quem é melhor, a mulher ou o homem; o ponto principal é compreender que existem novos valores que estão se tornando ainda mais cruciais, e que se aproximam mais do universo feminino:

– Da ênfase na autoridade à colaboração e motivação: a liderança já foi baseada num modelo autoritário, mas hoje o fator decisivo de sucesso depende da habilidade de motivar pessoas e criar sinergia;
– Crescimento emocional: há diferentes escalas emocionais, e aqueles que conseguem reconhecer estas diferentes nuances saem na frente quando se trata de construir relacionamentos;
– Networking: atualmente, alianças e contatos representam uma vantagem competitiva excepcional;
– Cuidar dos demais: pois atendimento ao cliente é fundamental para o bom funcionamento do negócio;
– Habilidade para derrubar barreiras: as mulheres foram preparadas para lutar pelas coisas, mesmo quando as restrições sociais não as permitiu ou tentaram impedi-las. Elas precisam estar prontas para superar barreiras muitas vezes impostas por clichês.

Num mercado tão fortemente caracterizado por atributos tipicamente masculinos como a atenção aos detalhes e a orientação a resultados econômicos, a sensibilidade própria do universo feminino e a capacidade de ouvir e entender as necessidades das pessoas ao redor são qualidades que podem realmente fazer a diferença. A presença das mulheres é fundamental pois seus talentos naturais se integram perfeitamente às habilidades dos colegas do sexo masculino.

Estes são os principais motivos que explicam porque empresas com mulheres em sua gestão conseguem obter excelentes resultados. Atente-se à transformação de valores e adapte a dinâmica e estratégia do seu negócio de acordo com esta mudança.

Paolo Ruggeri
CEO & Co-fundador da OSM International Group